Cidades pequenas na Amazônia: sítio, situação e sistemas territoriais de Barreirinha (AM).

Estevan Bartoli

Resumo


O objetivo do artigo é caracterizar Barreirinha (AM) enquanto cidade pequena, descrevendo a gênese urbana, funções e aspectos do sítio que condicionam sua situação: polarização junto à metrópole Manaus e Parintins (considerada cidade média), e a ampliação de relações com distritos e comunidades de sua hinterlândia. Constata-se que os fluxos são condicionados por duas calhas de rios, Andirá e Paraná do Ramos. A partir da aplicação do modelo analítico STUR (Sistemas Territoriais Urbano-Ribeirinhos), averiguou-se os papéis das redes de sujeitos locais e suas articulações via transporte fluvial, identificando um padrão de organização territorial com intensa dinâmica de sistemas territoriais ribeirinhos e fluviais no baixo Amazonas.

Palavras-chave: Cidade pequena; Sítio; Situação; Sistemas territoriais.

http://dx.doi.org/10.17127/got/2020.19.006

Data de submissão: 2019-10-07

Data de aprovação: 2020-20-05

Data de publicação: 2020-06-30


Texto Completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Entidades Patrocinadoras